O Hospital e Maternidade de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, terá que devolver R$ 88.072,97 ao Fundo Estadual de Saúde. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), que julgou irregular a prestação de contas de convênio por meio do qual a entidade recebeu recursos públicos nos anos de 2008 e 2009.

Técnicos do TCE apontaram quatro irregularidades: realização de despesas após o término de vigência do convênio; movimentação do dinheiro em duas contas bancárias – uma delas alvo de bloqueio judicial; falta de comprovação de utilização de parte dos recursos e divergência entre o saldo final informado na prestação de contas e os extratos bancários apresentados.

Além da devolução dos recursos usados irregularmente, o diretor do hospital na época, Giovani de Souza, deverá pagar multa de R$ 691,13 pelo atraso de 273 dias no envio da prestação de contas.