O secretário de Saúde, Gilberto Martin, anunciou, durante a Escola de Governo desta terça-feira (10), a inauguração do Hospital Regional do Litoral, marcada para a quinta-feira (19) da próxima semana. “Essa unidade será referência no atendimento à população dos sete municípios que integram o litoral do Paraná e prestará atendimento de média e alta complexidade”, destacou Martin

O Hospital Regional do Litoral foi construído ao lado da antiga Santa Casa de Paranaguá, que passava por dificuldades financeiras. De acordo com o governador Roberto Requião, o Governo do Estado interveio para que o hospital não deixasse de atender a população do litoral.

“Compramos a Santa Casa, mas a estrutura não tinha mais condição de funcionamento. O prédio é muito antigo e havia problemas sérios de assepsia”, lembrou o governador. Ele anunciou que a estrutura será restaurada e o local, transformado em biblioteca e mantido como patrimônio histórico.

O novo hospital tem capacidade para 190 leitos de internamentos e 21 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), contra 88 e nove UTIs, da Santa Casa. O número de profissionais também foi ampliado. De 300 profissionais de diversas áreas, além de 88 médicos, este número passou para 500 funcionários e 110 médicos.

Novos e modernos equipamentos também foram comprados. Um aparelho de raios x, que mostra a imagem imediatamente no computador; um tomográfo de 16 de canais (capacidade de qualidade imagem, além de agilidade no resultado) e um novo Sistema de Digitalização de Imagem são algumas das aquisições que vão garantir atendimento de qualidade no litora..

Paraná

O Governo do Estado está construindo e reformando hospitais, melhorando a estrutura de saúde e formando uma rede de atendimento em todo o Paraná. “Vamos contabilizar 37 hospitais – entre integralmente novos e reformados ou ampliados. Queremos com isso acabar definitivamente com aquela idéia de que o melhor hospital é uma ambulância que traz pacientes do interior para o Hospital de Clínicas na capital”, disse Requião.