O Hospital Pequeno Príncipe, referência no atendimento pediátrico infantil de alta complexidade, promove a partir de 15/6 o primeiro curso para contadores de histórias. Ministrado pelo pedagogo e professor da UFPR e coordenador do CENARTS, Carlos Daitschman, o curso pretende formar contadores de histórias para atuar em organizações sociais que atendam crianças residentes em creches (que necessitem cuidados especiais – convalescentes em fase de recuperação ou ainda, que estejam hospitalizadas) e idosos ? residentes em asilos, abrigos e outras instituições similares.   

 

Dividido em três módulos (um workshop e seis encontros semanais e quinzenais) o curso prevê atividades como expressão corporal, leitura em grupo, técnicas de mediação, relato e troca de experiências, debates, além de discutir o papel e a responsabilidade do contador de histórias.    

 

Divertindo e educando, a atividade de contar histórias estimula a imaginação e na medida que focaliza a aprendizagem e a intuição, tem função terapêutica e, não raro, tem se mostrado eficaz na recuperação das crianças, que ainda enfrentem dor e outros sintomas indesejáveis.

 

O curso também é recomendado para profissionais de empresas que queiram desenvolver essa habilidade para aplicá-la em programas de voluntariado empresarial. O curso custa R$ 105,30 e pode ser pago em até três vezes. As inscrições podem ser feitas até 14/6, no Hospital Pequeno Príncipe, pelo telefone (41) 310-1359, com Eli.  Toda a renda gerada com o curso será aplicada nos programas de Humanização Hospitalar do Hospital Pequeno Príncipe.