Os primeiros edifícios do Hospital Nossa Senhora da Luz, localizado no bairro Prado Velho, em Curitiba, comemoram 100 anos hoje. O local, que já possuiu 600 leitos e hoje conta com apenas 140, tem um objetivo e uma esperança para os próximos anos, respectivamente: ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) como hospital de ensino e não fechar as portas para os pacientes mais pobres, por conta do baixo repasse do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mesmo com os percalços financeiros, o preconceito com a área (que ainda existe) e as polêmicas envolvendo instituições desse tipo em todo o País, o diretor do Nossa Senhora da Luz, Dagoberto Requião, vê avanços no tratamento. ?Antes o paciente chegava a ficar em celas, era estigmatizado e o tratamento levava anos. Hoje há o hospital-dia, que atende o paciente por um dia na instituição, e equipes interdisciplinares, com psicólogos, e assistentes sociais?, disse.