A Secretaria Municipal de Turismo (Setur) de Foz do Iguaçu realizou na semana passada um levantamento nos meios de hospedagem e atrativos turísticos da cidade. O trabalho foi feito por amostragem e teve como base 50 hotéis e pousadas e mais seis atrativos turísticos da cidade. Dos meios de hospedagem pesquisados, 39 estão com previsão de lotação máxima de ocupação durante o feriado prolongado do próximo fim de semana.

Outros sete hotéis e pousadas têm a expectativa de 90% a 100% de ocupação, dois estão esperando 80% e outros dois estão na margem dos 60% a 80%. A pesquisa feita nos atrativos turísticos considerou os locais que efetuam reservas. Nesses, se espera um aumento na ordem de 70% de turistas em relação aos dias normais. Na Itaipu, por exemplo, o aumento começou ontem, com a chegada de turistas uruguaios. A maioria dos turistas esperada na cidade é de brasileiros, argentinos, uruguaios e vindos de outros países da América do Sul.

Segundo o secretário de Turismo, Neuso Rafagnin, as pesquisas são importantes porque auxiliam nas ações desenvolvidas pela secretaria. “Além disso, os levantamentos servem de suporte para realizarmos projetos de investimento e políticas de turismo na cidade”, complementou.

Serviços e horários

Durante o feriado, a Iluminação Monumental da Itaipu, bem como o Parque Aquático Acquamania, terão horários especiais, atendendo de quinta-feira a segunda-feira. O Parque Nacional do Iguaçu estará aberto também pela segunda-feira de manhã. Tudo em virtude do feriado e da grande expectativa da demanda de turistas em Foz do Iguaçu.

Os postos de informações turísticas da Secretaria de Turismo estão preparados para atender em cinco pontos estratégicos da cidade, contando ainda com o serviço de informações turísticas por telefone o Teletur 0800 451516 que tem funcionamento das 7h às 23h, na própria sede da secretaria.

Desde o início do ano, os postos já prestaram 29.073 informações turísticas. O mês de janeiro foi o que teve maior movimento. Quanto à origem, dos 9.483 turistas que visitaram os postos, a maior parte, cerca de 80%, é oriunda do exterior. Desses, 25% são argentinos, seguidos por alemães e israelenses. Os brasileiros totalizaram 2.034 turistas, destacando-se em primeiro lugar os paranaenses, em segundo os paulistas e em terceiro os gaúchos.