A empresa norte-americana Hussmann do Brasil está fechando as portas. Com a decisão, suas duas unidades, em Londrina e Barueri, no estado de São Paulo, serão destivadas. Segundo informações do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Londrina (Sindimetal), 250 funcionários já foram demitidos na filial do Paraná.

Os trabalhadores foram surpreendidos por um comunicado oficial, que afirmava que a crise econômica mundial tornaria inviável o funicionamento da empresa no Brasil. No comunicado, a direção da Hussmann informou que pagará todos os direitos trabalhistas dos funcionários, além de um a três salários extras conforme o tempo trabalhado.

A empresa

A Hussmann chegou ao Brasil no final dos anos 90, tendo se instalado em Londrina há oito anos. A empresa produz refrigeradores comerciais. Ao ser procurada pelo Paraná-Online, a direção da empresa informou que a única pessoa que poderia falar a respeito seria Paul Dickar, da matriz nos Estados Unidos. A empresa fará um pronunciamento oficial na sexta-feira (19).