A segunda ponte ligando o Brasil ao Paraguai, em Foz do Iguaçu, e que está com 60% das obras concluídas, poderá se chamar Ponte Jaime Lerner, segundo projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados.

Nesta semana (4), foi aprovado regime de urgência para análise da proposta do deputado Evandro Rogério Roman (Patriota-PR). Arquiteto e urbanista, Jaime Lerner foi governador do Paraná por duas vezes e prefeito de Curitiba por três vezes.

Ele morreu aos 83 anos, no último dia 27 de maio. A parte brasileira da nova ponte é financiada por Itaipu, a um custo estimado de R$ 323 milhões. A ponte terá 760 metros de comprimento e um vão-livre de 470 metros – o maior da América Latina.

Foto: Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional.

Parque Jaime Lerner?

Após a morte de Jaime Lerner, discutiu-se colocar o nome do ex-governador no Parque Barigui, em Curitiba. Por outro lado, A Pedreira Paulo Leminski e a Ópera de Arame, juntas, prestam homenagem ao político.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”