Umuarama – Discutir a valorização e conscientização profissional. Com este objetivo, a Universidade Paranaense Unipar promove a 8ª Jornada de Fisioterapia e 1º Simpósio de Ortopedia e Traumatologia de Umuarama. Os eventos começam na terça (28) e seguem até sexta-feira (01/10), no Campus-sede da Instituição. Durante abertura oficial, que será realizada a partir das 19h30, no Teatro Unipar, acontecem atividades artísticas e noite de autógrafo do livro do professor da Instituição, Antônio Francisco Ruaro.

“Palestras, cursos e mesas redondas vão discutir temas atuais da Fisioterapia, oferecendo novos conceitos nas diversas áreas de atuação profissional, bem como inovações nas técnicas e terapias utilizadas”, informa o coordenador do curso da Unipar, professor Carlos Nanini. Outra finalidade do evento, segundo o professor, é evidenciar a importância do curso da Unipar no contexto social, econômico e da saúde de Umuarama e região.

Na quarta-feira (29), o evento enfoca os temas fisioterapia aplicada a distúrbios uroginecológicos e reabilitação vascular, além de mesa redonda sobre a realidade do egresso e apresentação de trabalhos oral e em painéis. Aproximadamente 50 trabalhos serão apresentados, nas áreas de ortopedia, respiratória, neurologia, uroginecológica, entre outras.

Seguindo a programação, na quinta-feira (30), serão oferecidos cursos sobre bola suíça: manuseio e correção postural, fundamentos do método Mulligan e desativação de Trigger Points, noções de primeiros socorros, noções de geriatria, reumatologia e fisioterapia aplicada, reabilitação cardiorespiratória, noções de Isso Streching e reeducação postural global, noções básicas do conceito Bobath e bandagens funcionais.

Os interessados ainda podem se inscrever, mas as vagas são limitadas. Mais informações na coordenação do curso de Fisioterapia, pelo telefone 621-2828, ramais 1322, 1337 ou 1338.

Simpósio será na sexta-feira

O 1.º Simpósio de Ortopedia e Traumatologia será realizado na sexta-feira (1/10). Temas em pauta: ATLS, Talalgia, microcirurgia, trauma raqui-medular, a relação ortopedia/ fisioterapia no atendimento ao paciente com lesão musculoesquelética, importância da fisioterapia no pós-operatório em cirurgia do pé, relação médico/ hospital e as perspectivas para o futuro, lesão dos tendões extensores e flexores da mão e a reabilitação, lesão traumática do plexo braquial e a reabilitação, dor cervical pós-traumática e a reabilitação, fratura da pelve e a reabilitação, fratura do colo do fêmur e a reabilitação, ruptura do tendão de Aquiles e a reabilitação, e fratura do calcâneo e a reabilitação.

Também serão discutidos politraumatizado: fratura do fêmur distal do adulto e fratura exposta dos ossos da perna, tendinite aquileana: neuroma de Morton e fratura de tornozelo, síndrome do impacto do ombro: cotovelo de tenista e fratura do terço distal do antebraço, e lombociatalgia por hérnia de disco: escoliose idiopática do adolescente e fratura da coluna lombar com lesão medular.