Dois carros bateram no cruzamento da Avenida Silva Jardim e a Rua Desembargador Motta, no Água Verde, em frente ao Hospital Pequeno Príncipe. Um aluno do Colégio da Polícia Militar, que tinha acabado de participar do desfile em comemoração a Independência do Brasil, na Avenida Cândido de Abreu, ficou ferido e precisou ser levado ao hospital.

Eram 10h deste domingo (07) e o pai dele dirigia o Siena vermelho para casa, pela Des. Motta, quando foi atingido na lateral por uma caminhonete Toyota Rav4, que descia a Silva Jardim, sentido Rodoferroviária.

Depois do choque, o Siena foi lançado em direção ao poste no canteiro central e bateu de frente. A Toyota foi empurrada para cima do muro do hospital, mas parou no meio-fio. “Segui o fluxo dos carros e apenas senti a pancada. O pessoal disse que eu furei o sinal, mas eu não vi”, disse João Luiz, que estava ao volante do Siena. O filho dele foi atendido por socorristas e levado ao hospital, com suspeita de fratura em uma das pernas.

Wilson Uhren, motorista da caminhonete, alegou que o semáforo estava verde para ele. “Dois motoristas que estavam atrás do meu carro viram tudo. Me deixaram os contatos de telefone para servir de testemunha se for preciso”, disse Uhren, que no momento do acidente seguia para um clube. Ele e o outro motorista sofreram apenas escoriações leves.

A avenida ficou parcialmente bloqueada até o meio-dia, quando os Policiais do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), finalizaram o registro do acidente e liberaram a retirada dos automóveis.