Uma decisão judicial incluiu no regime da ParanaPrevidência todos os serventuários do foro extrajudicial, como notários e registradores, além de escrivães do foro judicial, que ingressaram na atividade até 1998.

Com isso, mais de 1.600 profissionais que integram essas categorias serão incluídos no sistema previdenciário dos servidores paranaenses, informou ontem a Associação dos Notários e Registradores do Paraná.

A decisão foi julgada nesta semana pela 4.ª Vara de Fazenda Pública do Paraná e põe fim a uma disputa judicial iniciada em 1994, quando foi criado o Estatuto do Notário e Registrador, pela Lei n.º 8.935.