O Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen) deve divulgar amanhã (25) os resultados das últimas amostras dos exames de influenza A (H1N1) – gripe suína – coletadas entre os dias 16 e 27 de julho. Agora, foi zerada a fila de espera por exames e todos os resultados ficarão prontos em até 48 horas. Desde o dia 27 de julho, o Lacen realizou 6,3 mil testes.

De acordo com a direção do Lacen, divulgadas no site criado pela Secretaria da Saúde para divulgar informações oficiais sobre a gripe, na próxima semana, o laboratório solicitará as 300 amostras que foram coletadas entre os dias 1º e 16 de julho e que ainda estão armazenadas na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, concluindo assim todos os resultados pendentes do Paraná.

O último boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde mostra que o estado tem 2.480 casos da gripe, com 142 mortes causadas por complicações decorrentes da doença. Entre os casos confirmados, 152 são de gestantes. A região de Curitiba continua sendo a que tem mais infectados (844), seguida pelas regiões de Cascavel (294), Londrina (237) e Foz do Iguaçu (211).

O Lacen continuará realizando os exames coletados no Paraná, dentro do protocolo estabelecido para monitorar permanentemente a circulação do vírus Influenza H1N1em todo o estado. O Lacen é um dos quatro laboratórios do país, o primeiro a ser descentralizado, e o 169º do mundo a realizar esse tipo de exame. A previsão era realizar 250 exames por dia, mas já foram processados até 450 em um prazo de 24 horas.