Após roubar uma motocicleta em Foz do Iguaçu, Região Oeste do Paraná, um ladrão arrumou um jeito inusitado de cobrar uma espécie de resgate pelo veículo. Ele entrou em contato com o proprietário da moto e emitiu um boleto bancário para que ele liberasse a “refém”. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da terra das Cataratas.

Segundo o site G1, à polícia o dono da moto disse que a havia deixado o veículo num estacionamento e quando voltou ela havia desaparecido. Alguns dias depois recebeu uma mensagem no celular exigindo o resgate. O ladrão disse que estava com a moto e para reavê-la o dono legítimo precisava pagar ao boleto. Ao invés de cumprir a exigência, o dono da moto procurou a polícia para registrar um Boletim de Ocorrência por extorsão.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Imagens de câmeras de monitoramento e o rastreamento dos dados do boleto bancário podem ajudar a identificar os responsáveis. Outra vítima, ainda segundo o site G1, disse que bandidos o procuraram cobrando resgate por um carro roubado.

Em nota, o banco usado pelos trambiqueiros para tentar a extorsão disse que as pessoas lesadas foram vítimas de fraudes relacionadas a ações externas e que a emissão dos boletos não ocorreu no ambiente do banco.