A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu nesta semana uma líder religiosa, de 37 anos, por sequestro, cárcere privado e maus-tratos contra 16 pessoas que estavam em uma clínica de reabilitação, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado.

+Viu essa? Não sabe como economizar? 7 erros para evitar no orçamento doméstico

A captura ocorreu após diligências da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da cidade, envolvendo a PCPR, a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária.

Após algumas apurações, foi constatado que as vítimas eram mantidas contra a vontade no local e impedidas de manter contato com a família. Além disso, a mulher as obrigava a receber medicações como uma espécie de “desintoxicação”.

+Viu essa? Capivara é resgatada após “se hospedar” em churrasqueira de casa em Curitiba

A unidade de reabilitação para dependentes químicos também não tinha alvará para oferecer o serviço. A PCPR ouviu testemunhas e vítimas, autuou a responsável pelo local e a encaminhou para a Cadeia Pública Laudemir Neves.

Web Stories

Data certa!

Veja quando montar sua árvore de Natal em 2021

Boooooo!

Halloween: veja como fazer uma abóbora, maquiagem e fantasias para a festa

Império

Silviano faz uma ligação misteriosa e viaja para Petrópolis

Bora experimentar!

Cinco bebidas pra você experimentar na Starbucks de Curitiba