A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um líder religioso, de 65 anos, suspeito de cometer crimes contra mulheres, na terça-feira (30), em Maringá, no Noroeste do Estado.

A investigação, que começou no início do mês de novembro, contou com a oitiva de 12 testemunhas e sete vítimas.

+Viu essa? Mulher cai e bate a cabeça durante trilha no Morro do Anhangava, em Quatro Barras

Durante as diligências, a PCPR apurou que o homem se identificava como a única pessoa capaz de curar as vítimas com a energia da conjunção carnal com fins terapêuticos.

O homem, não identificado pela Polícia Civil, irá responder pelos crimes de violação sexual mediante fraude, importunação sexual, ameaça e assédio sexual.

>> Viaturas de guerra destinadas ao Exército chegam a Paranaguá. Conheça detalhes!

>> Nova trincheira em Curitiba será inaugurada ainda em 2021, garante prefeitura

Web Stories

Estreias da semana

Final de La Casa de Papel chega nesta sexta na Netflix, confira lista!

Você sabia?

Conheça 7 curiosidades sobre o Oil Man

Cuidado

O Cravo e a Rosa volta dia 06 de dezembro; conheça curiosidades sobre a novela

Malhação Sonhos

Duca afirma a Gael que Cobra lutou de verdade