Cidades do Litoral paranaense vão permanecer fechadas aos turistas neste feriado da Páscoa. Em funcionamento há quase 15 dias, as barreiras instaladas em 11 pontos de acesso a cidades do Litoral vão continuar ativas ao menos até segunda-feira (5). A tentativa é reduzir a disseminação do coronavírus e desafogar o sistema de saúde. São 11 pontos definidos pelas prefeituras de Paranaguá, Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina, Morretes e Guaraqueçaba (veja abaixo).

LEIA TAMBÉM – Furacão no Brasil? Simepar apaga mensagem que tinha brincadeira de 1º de abril

A ideia das barreiras – que funcionam 24h por dia – é evitar a entrada de turistas. O motorista que chega até uma das barreiras encontra equipes formadas por servidores da área da saúde e da Guarda Municipal, além de agentes da Polícia Rodoviária Federal, e precisa responder a um questionário sobre origem e destino. Turistas são obrigados a dar meia-volta.

Mas moradores ou pessoas que trabalham nas cidades não estão impedidos de passar pelas barreiras. Eles podem comprovar residência mostrando conta de luz ou de IPTU, por exemplo. Aqueles que apenas trabalham nos locais também devem apresentar algum tipo de comprovante, como um crachá, por exemplo.

LEIA MAIS – Obra da Sanepar vai deixar bairros de Curitiba e RMC sem água por dois dias

A ideia das barreiras ganhou força com a chegada da “bandeira vermelha” em Curitiba, em 13 de março. Com o aumento das restrições na capital paranaense, prefeitos no Litoral passaram a se preocupar ainda mais com o fluxo de turistas. Nesta segunda-feira (29), a prefeitura de Guaratuba informou que, somente no último final de semana, 548 veículos retornaram aos seus locais de origem nas barreiras controladas por ela. A multa para quem furar o bloqueio, alerta a prefeitura de Guaratuba, pode chegar a R$ 20 mil.

Locais com barreiras

De acordo com a Associação dos Municípios do Litoral do Paraná (Amlipa), as barreiras sanitárias estão localizadas nos seguintes pontos:

  • Na BR-277 (em frente ao Serviço de Atendimento ao Usuário da concessionária Ecovia entre os quilômetros 11 e 12)
  • Na PR-408 (Rodovia Miguel Bufara), no bairro Passa Sete, em Morretes
  • Na PR-410 (Estrada da Graciosa), na divisa entre Morretes e Quatro Barras
  • Na PR-405, no bairro Potinga, na divisa entre Guaraqueçaba e Antonina
  • No quilômetro 5 da PR-408, na entrada de Antonina
  • Na divisa entre Pontal do Paraná e Matinhos, no Balneário Monções
  • Na divisa entre Guaratuba e Matinhos, na Prainha
  • PR-508, na altura da Rodoviária Municipal de Matinhos
  • No quilômetro 16 da PR-407, no Balneário Guaraguaçú, no posto da Polícia Rodoviária em Pontal do Paraná
  • No quilômetro 26 da PR-412 (Rodovia Máximo Jamur), no posto da Polícia Rodoviária em Guaratuba
  • No quilômetro 39 da PR-412, em frente à Escola Municipal Iraci Miranda Kruger, na Prainha