O IAP (Instituto Ambienal do Paraná) divulgou nesta sexta-feira (21) o 10º boletim de balneabilidade da temporada. O instituto analisa semanalmente os pontos mais frequentados e críticos do litoral e do interior com o objetivo de orientar a população para o banho.

Segundo o monitoramento feito pelo IAP, dos 47 locais monitorados, sete estão impróprios para banho, a maioria deles continua em rios.

Os pontos impróprios para banho esta semana estão na lha do Mel, na praia de Encantadas (em frente ao módulo policial); Guaratuba, na praia de Caieiras (na altura da Rua Frederico Nascimento) e à esquerda da rua Ponta Grossa; em Antonina, na Ponta da Pita; e em Morretes, nos rios Nhundiaquara (Porto de Cima e Largo Lamenha Lins) e Marumbi. No interior, todos os pontos estão próprios para banho.

Monitoramento

Além dos pontos monitorados e divulgados nos boletins de balneabilidade, o IAP também monitora e sinaliza durante todo o ano outros locais do Litoral que historicamente são considerados impróprios e classificados como “permanentemente impróprios para banho”.

O monitoramento analisa a concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli) na água, de acordo com os padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Sinalização 

No Litoral, os veranistas podem acompanhar a qualidade das águas nas bandeiras instaladas na orla e também em totens eletrônicos e outros serviços do Governo do Paraná.
A bandeira de cor vermelha significa que a água está imprópria para banho nos 100 metros à esquerda e à direta da sinalização. A azul indica que a água possui bons índices e pode ser aproveitada pelos banhistas.