Denúncias levaram a fiscalização da Polícia Federal a dez lojas do Shopping Cidade. A suspeita é de grande incidência de comércio de produtos de origem estrangeira, sem a devida documentação legal.

Foram apreendidos materiais de informática, eletroeletrônicos, vídeo games, brinquedos e CDs piratas em oito das dez lojas. Os lojistas tem como recuperar, apresentando a nota fiscal. Ao contrário, vão perder as mercadorias e ainda devem responder a um inquérito policial por crime de descaminho.