Erick Ismael da Silva, que desde o ano passado tem sua história contada na Tribuna, segue na UTI que sua família montou em casa com a ajuda dos leitores. Porém, sua saúde está ficando debilitada e a mãe, Dalvana Correia da Silva, pede ajuda mais uma vez.

Agora, a necessidade é por profissionais que atendam o menino pelo menos duas vezes por semana com a fisioterapia respiratória. “Um fisioterapeuta atende o Erick, mas ele só pode uma vez por semana”, explica Dalvana. Ele sofre da Síndrome de West (tipo raro de epilepsia) e está com o pulmão comprometido após dezenas de derrames pulmonares, pneumonias e infecções.

Outra necessidade é de banheira adaptada, já que não é mais possível desligar os aparelhos, mesmo que por alguns minutos. Quem quiser ajudar Dalvana e Erick pode entrar em contato pelos telefones 8870-4358 e 9777-5949. Contribuições financeiras podem ser feitas pela Caixa Econômica Federal, agência 4744, operação 013, conta poupança 33.57-8, no nome de Dalvana Correia da Silva