A devolução de mais de 140 mil notificações de infrações de trânsito neste ano chamou a atenção do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) para o problema da desatualização dos cadastros de motoristas e proprietários de veículos. No ano passado foram 53 mil cartas de licenciamento devolvidas pelos Correios por causa da dificuldade de encontrar os destinatários.

“É uma quantidade muito grande de desatualização de endereços. Encaminhamos documentos, informativos e notificações que são devolvidos pelos Correios e o usuário pode acabar perdendo prazos para recorrer de uma multa; para o pagamento de licenciamento, IPVA e seguro obrigatório ou ainda condutores que circulam sem documentação. São transtornos que podem ocorrer por descuido”, alerta o chefe da 1ª Ciretran, Valmir Moreschi.

O carteiro realiza três tentativas de entrega e na última visita disponibiliza um aviso solicitando que o destinatário retire a correspondência em uma unidade dos Correios. Moreschi destaca que a atualização é ainda mais importante devido ao novo sistema de renovação automática da CNH. “São mais serviços disponibilizados”, afirma. Neste procedimento o motorista irá receber uma correspondência com código para agendar o exame médico e para confirmação de dados, além de uma guia de pagamento.

A recomendação aos usuários que precisam atualizar seus cadastros de endereço é procurar qualquer unidade do Detran-PR ou acessar o site www.detran.pr.gov.br, link “Motorista” ou “Veículo” e depois “Atualize o seu endereço”. A modificação é gratuita.