Duas pessoas morreram por afogamento no litoral paranaense na noite desta quinta-feira (02). O primeiro óbito ocorreu por volta das 19h35 no Rio São João, na cidade de Morretes. Fernando Mendes Maria, de 35 anos, residente de Curitiba, estava passando o dia com familiares e entrou no rio, em um ponto com placa de sinalização indicando perigo para o banho.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, equipes de resgate e ambulância foram até o local do afogamento. Retiraram a vítima da água e realizaram procedimento de reanimação até o Hospital de Morretes, onde foi decretado o óbito.

A outra morte por afogamento aconteceu na Barra do Rio Saí, em Guaratuba, próximo à divisa do Paraná com Santa Catarina, às 19h40. Renata Turra Grechinski, de 23 anos, também residente de Curitiba, teria ido surfar com os amigos. Estes viram a vítima se afogar e tentaram chegar perto dela, mas sem sucesso. Acionaram o guarda-vidas do posto mais próximo.

O Corpo de Bombeiros enviou para o local uma ambulância, helicóptero e viatura para buscas. Os bombeiros tentaram a reanimação, mas Renata foi a óbito. Ela estava acompanhada de familiares.

Segundo a Polícia Militar, cinco pessoas morreram por afogamento no litoral paranaense desde o início da Operação Verão, em 16 de dezembro do ano passado. Destes óbitos, quatro aconteceram em áreas sem posto de salva-vidas e uma durante a madrugada, quando não há atendimento.