Em todo o país, servidores do Ministério do Trabalho e Emprego fazem uma paralisação de 24 horas nesta terça-feira (25). No Paraná, a emissão de carteira de trabalho, registro profissional e pedido de seguro-desemprego, entre outros estão suspensos até esta quarta-feira (26). Os trabalhadores exigem um plano de carreira para a categoria.

A pauta de reivindicação da categoria inclui, ainda, reajuste salarial, atendimento de 12 horas diárias com dois turnos de seis horas, aumento do vale-alimentação e concurso público para contratação de novos servidores. Em Curitiba, os manifestantes orientam a população em frente ao prédio do Ministério Público.

Somente as fiscalizações em empresas que estavam previamente agendadas não serão suspensas. A paralisação atinge proximadamente 200 servidores do Ministério Público no Estado.