Enquanto as notícias do avanço do novo coronavírus tomam as manchetes por todo o Brasil, a dengue segue fazendo vítimas em todos os lugares. No próximo sábado (21) uma grande mobilização de combate à doença, com apoio do Exército e policiais miliares, vai abranger 60 municípios do Paraná. A ação terá ainda apoio da defesa civil e técnicos da vigilância ambiental.

O Exército ajudará com 600 voluntários. “É uma ação estratégica. Vamos fazer um grande arrastão com remoção técnica de criadouros, replicando o trabalho que a Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde já vem fazendo em algumas cidades e que já apresentou resultados positivos de redução da infestação”, explica o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

+ Leia mais: Pra entreter quem fica em casa, canais de TV paga liberam sinal para todos assinantes

No último boletim divulgado foram confirmados 44.441 casos da doença e 113.488 notificações no atual período epidemiológico (de agosto de 2019 até agora). As mortes por dengue também aumentaram: 30. “Combater a dengue é também uma questão de segurança, pois cidadãos com saúde estão seguros e preparados para as atividades do dia a dia”, afirma Rômulo Marinho Soares, o secretário da Segurança Pública.

Nesta quarta-feira (18), a Secretaria da Saúde vai promover a capacitação dos participantes por videoconferência. “Soldados, profissionais da Sesp e coordenadores da Defesa Civil estarão nas sedes regionais e nas unidades do Exército recebendo as orientações para esta operação”, explica o tenente-coronel Antonio Geraldo Hiller, da Defesa Civil.

Cidades – As sessenta cidades que receberão as equipes para esta mobilização são: Santa Isabel do Ivaí, Floraí, Quatro Pontes, Itaúna do Sul, Nossa Senhora das Graças, Alto Paraná, Santa Inês, Douradina, Colorado, Paranavaí, Ângulo, Tamboara, Guairá, Iracema do Oeste, Uniflor, Porto Rico, Nova Aliança do Ivaí, Peabiru, Doutor Camargo, São Pedro do Ivaí, Itaguajé, Nova Aurora, Braganey, Godoy Moreira, Ivaiporã, Engenheiro Beltrão, Paranacity, Cruzeiro do Oeste, Atalaia, Diamante do Norte, Iretama, Presidente Castelo Branco, Jacarezinho, Cafezal do Sul, Paraíso do Norte, São Pedro do Paraná, Xambrê, Icaraíma, Ouro Verde do Oeste, Indianópolis, Lupionópolis, Munhoz de Mello, Alto Piquiri, Ivatuba, Tupãssi, Porecatu, Santa Fé, Alto Paraíso, Mirador, Ourizona, Brasilândia do Sul, Jardim Alegre, Nova Esperança, Altônia, Nova Olímpia, Santo Inácio, Nova Londrina, Marechal Cândido Rondon, Tuneiras do Oeste e Ivaté.