Morreu ontem, em Curitiba, o engenheiro Arturo Andreoli, que completaria 72 na próxima segunda-feira. Nascido em Mantova, na Itália, ele chegou na adolescência ao Brasil, onde completou os estudos. Foi presidente da Copel nos anos 70, tendo assumido o cargo em 1973, durante o governo Paulo Pimentel.

Arturo Andreoli fez cursos de especialização no exterior e foi professor de diversas disciplinas na Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde se graduou em 1963. Na Copel, foi responsável pelos estudos do aproveitamento hidrelétrico da central Capivari-Cachoeira.

Deixa viúva Luzia Stella Scheimer Andreoli e seis filhos. O corpo está sendo velado na capela 4 do Cemitério Parque Iguaçu, onde será enterrado às 11h.