Morreu no hospital o adolescente de 14 anos que estava internado após ter 70% do corpo queimado em Ponta Grossa, nos Campos Gerais.

O jovem tentou acender uma churrasqueira utilizando etanol, mas se queimou com a explosão gerada pelo líquido em contato com o fogo.

Ele estava internado no Evangélico desde o último sábado (5), mas não resistiu.