Após furar um sinal vermelho na cidade de Maringá, no interior do Paraná, um motociclista foi parado por agentes municipais de trânsito. Ao realizar a abordagem, os policiais ficaram surpresos quando consultaram a situação dos documentos do veículo. Em multas e débitos, a moto “estava devendo” R$ 1.070.423,39.

+ Leia mais: Frio dá início a temporada dos que amam e odeiam morar em Curitiba; veja postagens

Ao G1 Paraná, a prefeitura de Maringá disse acreditar que o proprietário e condutor do veículo trabalhava com delivery. O veículo foi apreendido durante um patrulhamento de agentes de trânsito. As principais multas encontradas são de avanço do sinal vermelho e excesso de velocidade.

O proprietário também devia taxas, como a de licenciamento. Depois de ter a moto retida, o proprietário recebeu ainda outras duas multas: a de avanço de sinal vermelho e por trafegar com débitos atrasados.

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.