Um motorista apressado por pouco não causou um acidente com morte, na manhã de terça-feira (11), no bairro Rebouças. Renato Bezerra Taborda, 38 anos, dirigia um caminhão-baú pela Rua Iapó, não parou na preferencial e bateu em um Cruze, que vinha pela Rua Brasílio Itiberê. O carro era dirigido pelo tenente Wesley Xavier, do Corpo de Bombeiros.

Depois de ser atingido pelo caminhão, o Cruze rodou na pista e só parou depois de bater em um poste, que não caiu porque ficou preso pela fiação. Apesar da pancada forte, nenhum dos dois motoristas ficou ferido com gravidade. Renato e o tenente Wesley foram encaminhados pelo Siate ao Hospital Cajuru com escoriações.

De acordo com a soldado Franciele, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), a colisão só aconteceu por descuido. “O motorista do caminhão disse que pensou que dava tempo de atravessar e simplesmente foi. Se ele tivesse segurado e esperado, teria evitado esse acidente que poderia ter sido fatal para o tenente dos Bombeiros”, disse.

Por causa da destruição no poste, algumas casas próximas ficaram sem luz. Equipes da Copel foram deslocadas até o cruzamento para trabalhar na recolocação de um novo.