Já está preso, desde o dia 8 de outubro, um homem suspeito de ter atropelado uma manada de capivaras no último dia 5 de outubro na barragem do Parque Jaboti, em um Apucarana, no norte paranaense. O caso chamou atenção pela crueldade e por ter sido flagrado em vídeo por um servidor público que admirava os animais. O homem, de 27 anos, já estava preso na 17ª Subdivisão da Polícia Civil do Paraná por outro crime: tráfico de drogas.

Segundo a equipe da Guarda Municipal do município, que realizou a prisão do homem, o veículo, um Hyunday Veracruz, ainda tinha pelos da capivara atropelada. Na ocasião, uma capivara morreu e outras duas ficaram feridas. As imagens mostram ainda um dos animais mancando após a passagem do veículo do atropelador.

+Assista! Vídeo flagra atropelamento de pelo menos 20 capivaras no Paraná; polícia caça motorista

Polícia procura motorista que atropelou capivaras
Capivaras foram atropeladas no interior do Paraná, em Apucarana. Uma morreu e três ficaram ferida. Foto: Reprodução

Quem realizou a prisão foi a Guarda Municipal de Apucarana, que chegou ao suspeito do atropelamento após investigações que duraram cerca de dez dias. “Através de uma denúncia anônima nós ficamos sabendo e entramos em contato com familiares e constatamos que o veículo estava na cidade de Arapongas, num bar. Fizemos a identificação do veículo que tinha algumas ranhuras e até pelos da capivara ainda”, explicou o comandante Alessandro Carleti, da Guarda Municipal de Apucarana.

+Relembre: Delegado critica legislação e mensagens que ironizam atropelamento de capivaras no Paraná

Familiares do homem indicaram que ele é o suspeito pelo atropelamento. Ele não prestou socorro e passou em alta velocidade pelo local, que tem placas avisando sobre a presença destes animais. Ele poderá ser indiciado por maus tratos.

+Leia mais! Capivaras e seus casos inusitados em Curitiba!

O atropelamento

A imagem do condutor do veículo, literalmente passando por cima dos animais sem ao menos reduzir a velocidade, causou revolta na população e, após viralizar nas redes sociais, ganhou repercussão nacional. O homem aparece acelerando contra a manada com mais de 20 animais.

Detalhe mostra o veículo danificado.
Detalhe mostra o veículo danificado. Foto: Reprodução/Prefeitura de Apucarana.

Web Stories

Nos Tempos do Imperador

Luísa garante que Isabel escolherá Gastão

Humm!

Quatro opções de café da manhã de hotel em Curitiba

Império

Começa o desfile da Unidos de Santa Teresa

Esporte

Aprenda a jogar Tênis de graça em Curitiba