Mais quatro pessoas foram presas por agentes da Polícia Federal que participam da Operação Cataratas, em Foz do Iguaçu. Desde quando iniciou as investigações, na segunda-feira, cerca de 20 pessoas já foram autuadas em flagrante e R$ 250 mil em mercadorias contrabandeadas foram apreendidas. Nas últimas horas, foram autuados por tráfico de drogas Ademir Fernandes, 25 anos, e Daiane da Silva, 18 anos. Júlio César Gomes, 25 anos, e Jair Ilson da Silva Gabriel, 25, foram autuados por contrabando.

A Polícia Federal de Foz do Iguaçu informou que após o início da operação, que será estendida até o fim do ano, o movimento na Ponte Amizade caiu em 40%. Ele disse que ontem havia fila nos postos da Receita Federal para legalizar as mercadorias, já que a cota permitida é de US$ 150. Isto deverá aumentar a arrecadação da Receita.

Maconha

Na noite de terça-feira, policiais federais apreenderam 20 quilos de maconha na localidade de Barracão, em Medianeira. A droga estava distribuída em onze tabletes. De acordo com a PF, a maconha é originária do Paraguai e estava sendo transportada em um ônibus interestadual, com destino à cidade de Santo Ângelo (RS). Ademir Fernandes, 25 anos, e Daiane da Silva, 18, foram identificados como proprietários da droga. O casal foi conduzido à delegacia em Medianeira, onde foi autuado em flagrante.

Contrabando

A grande movimentação em um estacionamento próximo a Ponte da Amizade chamou a atenção dos agentes da Polícia Federal. Ao verificar o que estava acontecendo, eles descobriram seis palmtops, seis notebooks, cinco DVDs, uma impressora, dois projetores, nove aparelhos toca-Cds e dois DVDs para veículos. A mercadoria, avaliada em R$ 30 mil, foi apreendida, já que os impostos não foram recolhidos. Júlio César Gomes, 25 anos, e Jair Ilson Silva Gabriel, 25, foram presos e autuados em flagrante por contrabando. Os dois alegaram que residem em Foz do Iguaçu e entregariam as mercadorias em um hotel da cidade, para uma mulher identificada como “Baixinha”.