Arquivo
mst2100707.jpg

MST ocupava a área há mais de um ano.

A Via Campesina anunciou que as 70 famílias que estão na Estação Experimental da Syngenta, em Santa Tereza do Oeste, no oeste do Paraná, começam a deixar o local ainda nesta terça, "devido às sucessivas medidas de reintegração de posse concedidas pela justiça estadual à empresa e à exigência da transnacional de utilização de força policial contra os camponeses".

A propriedade foi invadida em 14 de março do ano passado. Caso o governo não cumpra a última decisão da Justiça para a reintegração de posse, cujo prazo vence à meia-noite desta terça, o governador Roberto Requião (PMDB) fica sujeito a multa diária de R$ 2 mil. A Via Campesina informou que as famílias que saem da propriedade vão para o assentamento Olga Benário, no mesmo município.