O Ministério Público Estadual (MPE) chamou a atenção de algumas repartições públicas de Cascavel, no oeste do Estado, para que elas acabem com os focos do mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

Entre os locais acionados pelo MPE estão a Receita Federal, o Departamento de Trânsito (Detran) da cidade e a Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O promotor de Cascavel, Ângelo Mazzuchi Ferreira, não conversou com a reportagem de O Estado. Porém, a assessoria do MP informou que a promotoria está aguardando alguns dados sobre o índice de infestação desses locais para depois solicitar as providências mais emergenciais. Segundo o MP, por enquanto não foram emitidas multas, pois os órgãos públicos têm colaborado.

No momento, tanto Defesa Civil como a Secretaria do Meio Ambiente do município participam das ações de fiscalização. Em relação à Receita Federal e ao Incra, os focos do mosquito foram encontrados nos estacionamentos de veículos apreendidos.

Segundo o MP, são cerca de 1,3 mil carros que servem de “casa” para o Aedes aegypti. O assistente de gabinete da Receita, Jarbas Santana, informou que providências já estão sendo tomadas, como por exemplo doar parte dos carros para a prefeitura ou, ainda, transferir alguns veículos de local. Santana também disse que periodicamente é aplicado um produto que elimina os focos nestes locais.

O Incra, por sua vez, informou que os carros estacionados são da Receita. O órgão também disse que agentes da saúde têm fiscalizado o prédio do Incra de Cascavel com frequência, mas que até agora não foram encontrados focos por lá.

O Detran informou que tem recebido notificações das secretarias de saúdes em todo o Estado, mas que as providências referentes à limpeza são tomadas imediatamente.

Segundo o último boletim da dengue da Secretaria Estadual de Saúde, a cidade de Cascavel tem um total de 55 casos de dengue confirmados e outros 170 notificados (até o dia 27 de abril desse ano).

O Índice de Infestação Predial (IIP) é de 3,50, o que é considerado alto pelas autoridades de saúde. Em todo o Paraná já são 7.936 casos confirmados de dengue.