Depois de bater o Golf placa MMA-3900 na traseira de um caminhão, no Contorno Leste, em Piraquara, e deixá-lo praticamente destruído, o motorista Alex Lima de Paula, 31 anos, conseguiu dirigir aproximadamente três quilômetros, na tentativa de salvar o amigo Willian Borges, 23, que estava ao seu lado no carro.

Ele parou o veículo na Rua Ângelo Galli, bem perto do portão do hospital. No entanto, quando os enfermeiros foram atender Willian, ele já estava morto. Quando voltaram ao hospital, Alex já tinha ido embora e não foi mais localizado.

Segundo testemunhas Alex é músico e Willian era Deejay e passaram a noite tocando em uma casa noturna. No final da madrugada, quando retornavam para a casa, aconteceu o acidente.

Um parente de Alex contou que ficou sabendo que a colisão aconteceu no Contorno Leste e que o rapaz, desesperado, provavelmente com ferimentos, e com o carro completamente destruído ainda conseguiu dirigir até a região central da cidade.

Algumas testemunhas disseram que o rapaz fugiu por que, supostamente estava alcoolizado, mas nem a polícia e nem os enfermeiros confirmam essa suposição. Um homem, que preferiu não se identificar, disse que Alex é uma boa pessoa, e bem quisto na cidade, provavelmente, estava cansado depois de trabalhar a noite toda e pode ter dormido no volante.

O soldado Carvalho, do Batalhão da Guarda, disse que o nome dele foi chegado e não consta nenhuma passagem na polícia. O carro foi levado para a delegacia do município, que deve ouvir Alex nos próximos dias e abrir um inquérito policial para investigar o acidente.