Dois mutirões vão orientar usuários de telefonia fixa sobre as mudanças nas ligações locais, de pulso para minuto. Esse foi um dos resultados do encontro dos Procons municipais, promovido pelo Procon-PR, em Curitiba, nesta terça (19) e quarta-feira (20). Segundo a coordenadora estadual, Ivanira Gavião Pinheiro, que abriu a reunião, os problemas de telefonia lotam os órgãos de defesa do consumidor.

O primeiro mutirão estadual será no dia 29 de junho e segundo no dia 19 de julho. Nesses dias, os 42 Procons municipais e o órgão estadual (em Curitiba) atenderão os consumidores, esclarecendo dúvidas, orientando e fornecendo material explicativo. As alterações na telefonia fixa no Paraná ocorrem até fim de julho.

Além da palestra e debate sobre a conversão na telefonia fixa, com técnicos da área de fiscalização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a reunião desta semana visa integrar as coordenadorias, promover intercâmbio de informações, quanto à legislação consumerista, e analisar problemas, procedimentos e resultados.

Ivanira Gavião Pinheiro, que abriu a reunião, salientou que os mutirões pretendem dar ao consumidor atendimento específico sobre o assunto. ?Muitas pessoas têm dúvidas e não estão sendo informadas pelas concessionárias de telefonia fixa a respeito dos planos obrigatórios – Básico e Pasoo (Plano Alternativo) ?, desconhecendo como se dará a cobrança na sua conta telefônica e como essas alterações podem afetar seu bolso?, detalhou.

A pauta do encontro para esta terça-feira (19), incluiu a apresentação e treinamento do ?Programa DPC?, que integra on-line os órgãos municipais à Coordenadoria estadual, promovendo maior agilidade aos processos. Atualmente, são 14 unidades municipais que já recebem assessoria técnica e jurídica. Também será lançado o CD ?Manual do Jovem Consumidor?, elaborado pelo Procon-PR e que se destina à educação para o consumo do público infanto-juvenil.