O chefe da Seção Consular e de Vistos do Consulado dos Estados Unidos em São Paulo, David Meron, esteve ontem em Curitiba para fazer uma palestra ao setor de turismo sobre as mudanças recentes na retirada do visto. Desde o dia 5 de abril, para conseguir a autorização de entrada naquele país é preciso preencher um novo formulário, chamado de DS-160. Esse documento permite que todos os dados sejam enviados aos consulados pela internet, antes da entrevista, o que deve agilizar o processo. Antes, o requerente levava esses documentos em mãos somente no dia da entrevista.

Como explicou Meron, enviando todos os dados eletronicamente a pessoa leva para entrevista apenas a página de confirmação do preenchimento já impressa. A ideia é que seja reduzido o tempo dentro do consulado e também o tempo para marcar a entrevista. Segundo Meron, com o novo processo espera-se diminuir o tempo para marcação de 35 dias (tempo médio hoje) para 15 dias.

No entanto, o que parece fácil está causando alguns problemas. Nas duas primeiras semanas de funcionamento do novo formulário, vários erros de preenchimento já surgiram, o que, ao invés de agilizar, está atrasando ainda mais o andamento. Com os erros, a permanência dos solicitantes no consulado tem aumentado em até uma hora, segundo Meron. Ele citou alguns erros comuns, como por exemplo o preenchimento errado do local da entrevista (a pessoa deve escolher em qual consulado vai, entre São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Brasília). “As pessoas olham rapidamente o BR de Brasília e vão direto lá, achando que é Brasil, quando elas vão ao consulado de São Paulo, e não de Brasília. Então solicitamos que os requerentes fiquem atentos ao preenchimento correto, que preencham o local correto”, comentou Meron.

Outro problema que tem aparecido no preenchimento do cadastro é a seleção da categoria do visto (se é para estudante, turismo ou negócios). Até mesmo o sexo das pessoas (masculino ou feminino) sai errado algumas vezes, diz Meron. “Por isso acreditamos que as pessoas não estão prestando atenção. Já estamos estudando alguns ajustes para melhorar o processo”, afirmou. A mesma palestra esclarecedora de Meron será feita nos outros estados do sul a partir de hoje.

Paraná

O Paraná fica em segundo lugar no número de pedidos no consulado americano de São Paulo (perde apenas para São Paulo). Por dia, são atendidas de 1.300 a 1.500 pessoas no local, sendo que 70% são oriundas de São Paulo e o restante, do Paraná.