Foto: Lucimar do Carmo

Luiz Geraldo Simões de Assis: presente para a cidade.

Além de cuidar da saúde dos olhos da população curitibana, o Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC) está preocupado com a beleza e a limpeza do olho mais famoso da cidade, símbolo do Museu Oscar Niemeyer (MON), localizado no Centro Cívico e tido como importante atrativo turístico.

Nos próximos dias, quem passar em frente ao local irá se deparar com uma equipe de alpinistas pendurada por cordas na estrutura do olho, que tem cerca de trinta metros do topo até o chão. Eles são responsáveis por uma empresa de limpeza especializada na higienização de superfícies altas que foi contratada pelo IOC para dar mais brilho e claridade aos vidros do museu. ?Brinco que estamos trocando o laser pelo detergente para cuidar do olho mais querido de Curitiba. É um presente que o instituto está novamente dando à cidade, tornando-a ainda mais limpa e mais bonita. Patrocinar a limpeza do MON é uma alegria para nós. A gente começa a sentir a diferença que a iniciativa faz logo no início do trabalho?, comenta o oftalmologista e diretor do IOC, Luiz Geraldo Simões de Assis.

A primeira vez que o instituto promoveu a limpeza do museu foi em 2005, quando Curitiba comemorava 312 anos. Agora, o serviço é em homenagem ao centenário de vida do arquiteto carioca Oscar Niemeyer, que será celebrado no próximo mês de dezembro. Como não há acesso interno ao topo do MON, os alpinistas estão subindo até o alto do olho com o auxílio de andaimes externos.

Histórico

O museu que leva o nome de Neimeyer e que foi projetado por ele é datado de 2002. Naquele ano, o prédio principal do MON, até então conhecido como Edifício Presidente Humberto Castelo Branco, deixou de ser sede de secretarias de Estado para começar a abrigar eventos e exposições de artes visuais, arquitetura e design. Com cerca de 17 mil metros quadrados, o espaço é considerado um dos maiores museus da América Latina. Foi criado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), estimados em US$ 14 milhões.