Em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, existe o chamado Canal de Água Limpa, no bairro Jardim da Alegria, de onde a Sanepar faz captação de água para abastecimento. Porém, apesar do nome, o canal, que é uma junção de vários afluentes, parece mais um depósito de lixo a céu aberto.

Com o objetivo de recuperar a mata ciliar e facilitar o tratamento da água, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São José – em parceria com a própria Sanepar, Força Verde e secretarias municipais de Saúde, Obras e Segurança Pública – realizou, ontem, um mutirão de limpeza no local.

Do entorno do canal, foram retiradas caliças e resíduos domésticos, como restos de alimentos, móveis, pneus e embalagens. No total, cerca de cinquenta pessoas participaram da ação, entre funcionários da prefeitura e voluntários.

“O trecho de realização da limpeza tem cerca de dois quilômetros. Posteriormente, vamos fazer uma operação com o objetivo de coibir novas práticas de despejo de lixo no canal. A operação deve envolver a população e possibilitar que flagremos as pessoas e empresas que fazem o despejo de lixo irregular”, disse a secretária municipal de Meio Ambiente, Edilaine Vieira da Silva.

No canal, também existem carcaças de veículos que começam a ser retiradas pela Sanepar. “Na última quarta-feira, retiramos quatro carcaças. Porém, acreditamos que existam pelo menos mais umas dezesseis para serem retiradas. Elas são frutos de desmanches”, afirmou a coordenadora de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Lucilene Costa.