Foto: Polícia Rodoviária Federal

Produtos eletrônicos apreendidos na madrugada de ontem está avaliada em R$ 33 mil.

A Receita Federal (RF), a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam cinco pessoas e apreenderam dezoito veículos, sendo três ônibus, entre quarta-feira e a manhã de ontem, em uma operação de repressão ao contrabando. As atividades se concentraram na região de Santa Terezinha de Itaipu, Estrada Velha de Guarapuava e também na Vila Portes, em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná.

Todos os veículos estavam carregados com mercadorias contrabandeadas e/ou descaminhadas provenientes do Paraguai. Eles foram lacrados e encaminhados para o pátio da Delegacia da Receita Federal em Foz, para serem fiscalizados. Os carros apreendidos levavam brinquedos e aparelhos de informática.

Um dos ônibus, com placa de São Paulo, estava completamente carregado de cigarros. O veículo foi deslacrado ontem e a RF encontrou aproximadamente 700 caixas de cigarros contrabandeados do país vizinho. Foram retirados praticamente todos os bancos dos passageiros para armazenar um volume maior de mercadorias. As cinco pessoas presas estavam no veículo e foram encaminhadas à PF em Foz. Todos os veículos foram apreendidos quando utilizavam uma estrada secundária na região, para tentar fugir da fiscalização.

Guarapuava

Foto: Receita Federal

Um dos ônibus detidos estava com cerca de 700 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A PRF apreendeu mercadorias contrabandeadas em um fundo falso de uma caminhonete durante a madrugada de ontem, em Guarapuava, na região central do Estado. Foram encontrados MP3 players, câmeras digitais e cartões de memória. A carga está avaliada em R$ 33 mil. Os dois ocupantes do veículo foram detidos e encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal (PF) na cidade.

O agente especial da PRF, Alceu Orloski, conta que a apreensão foi feita à 1h da manhã de ontem, durante uma blitz de rotina no quilômetro 319 da BR-277, em frente ao posto Guará da Polícia Rodoviária. Durante a abordagem, os policiais suspeitaram de algo errado. Em seguida realizaram uma busca meticulosa, mas não encontraram nada. No entanto, perceberam que tinha algo diferente com a carroceria da caminhonete. Os policiais acabaram achando um fundo falso, onde estavam todas as mercadorias.

Imediatamente, Moisés e Josué Soares Coelho, ocupantes da caminhonete, receberam voz de prisão. Os dois, o veículo e as mercadorias foram encaminhados para a Polícia Federal. Segundo informações colhidas com os presos, eles saíram de Céu Azul, na região oeste do Paraná, e seguiriam até São Paulo, onde as mercadorias contrabandeadas seriam entregues.

Orloski afirma que as apreensões de produtos contrabandeados e falsificados são comuns na BR-277. Na noite da última quarta-feira, os policiais rodoviários federais do mesmo posto conseguiram apreender mil DVDs pirata dentro de um ônibus de passageiros, que fazia o trajeto Foz do Iguaçu – Curitiba. As mercadorias estavam dentro de duas malas de um dos passageiros, no meio de roupas. Os produtos foram apreendidos e levados para a PF em Guarapuava. O homem não foi preso, mas teve que passar todos os seus dados, para a polícia.

A RF informou que na próxima semana irá divulgar o balanço das apreensões realizadas em 2006 em todo o Paraná. O órgão espera um número recorde depois do endurecimento dos órgãos federais no combate ao crime na fronteira com o Paraguai.