A Operação Verão 2019/2020 tem data para começar: no dia 21 de dezembro, o governo do estado vai reforçar os efetivos das polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros no litoral do Paraná. O reforço, que também terá mais equipes em outras áreas, como Saúde, vai até o primeiro fim de semana após o carnaval, no dia 25 de fevereiro de 2020.

A Polícia Militar (PM) não confirma o reforço do efetivo nas praias. Entretanto, antes mesmo da Operação Verão, a corporação já passou a atuar para garantir tranquilidade aos veranistas na temporada. Quinta-feia (5), a PM fez operação de combate ao tráfico de drogas em Matinhos, Pontal do Paraná e Paranaguá, com 27 prisões.

LEIA+ Suspeita de bomba fecha banco e bloqueia rua na grande Curitiba

Já o Corpo de Bombeiros confirma que terá um efetivo de 700 pessoas, entre bombeiros militares e guarda-vidas civis. A maioria deste efetivo vai atuar nas praias, no salvamento e resgate de banhistas, com o apoio do helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). No total, 33 guardas-civis voluntários foram treinados pela corporação e já estão atuando na praias desde 11 de novembro.

Por parte da Polícia Civil, haverá aumento no quatro de investigadores, escrivães e delegados. Um dos focos da Polícia Civil na temporada será a investigação de golpes, que aumentam no litoral no verão. Especialmente o do falso aluguel de imóvel na praia.

Já nas estradas, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) contará com quatro postos para fiscalização de trânsito. As equipes farão operações e atividades de combate ao excesso de velocidade e embriaguez ao volante.