O antigo Paço Municipal, na Praça Generoso Marques, será entregue à comunidade completamente restaurado, até o fim de março, mês do aniversário de Curitiba. A restauração do prédio, chamado Paço da Liberdade, está sendo feita pela Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), em convênio com a Prefeitura de Curitiba.

O presidente da Fecomércio, Darci Piana, e o prefeito Beto Richa reuniram-se na manhã desta terça-feira (3) para discutir os detalhes finais da entrega da obra e da programação de inauguração do Paço, onde funcionará um novo centro cultural da cidade, administrado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e pela Fundação Cultural de Curitiba.

“A restauração é uma homenagem à história e à valorização da cultura em nossa cidade”, afirmou Richa. A inauguração fará parte do calendário de comemorações de aniversário, que terá atividades ao longo do mês até o dia 29, data em que a cidade completará 316 anos.

O edifício, que abrigou o gabinete de 42 prefeitos de Curitiba e foi sede do Museu Paranaense, terá ambiente para exibição audiovisual, salão multiuso, camarim, sala de leitura, salas de aula de arte e oficinas pedagógicas, salão de exposição, estúdio de gravação, livraria, loja, internet e café.

A edificação é um dos mais importantes monumentos arquitetônicos da cidade. É o único imóvel de Curitiba tombado pelo Iphan e pelo patrimônio histórico do Estado e do Município. Tem arquitetura eclética e fortes traços art-nouveau – formas curvilíneas ou sinuosas, baseadas em motivos florais e animais.

Os responsáveis pelo projeto são Cyro Corrêa Lyra e Abraão Assad, os mesmos profissionais encarregados de uma reforma entre 1972 e 1973. Uma das grandes novidades na restauração do prédio do Paço Municipal, que está a cargo da construtora Emadel, é um tratamento especial para aumentar a impermeabilização e reduzir o impacto da poluição atmosférica e de ataques de pichadores nas paredes externas. A tecnologia é a mesma empregada para preservar monumentos históricos na Europa.

Cesar Brustolin/SMCS
Prefeito Beto Richa recebe visita do presidente da Fecomércio, Darci Piana, para discutir os detalhes finais da entrega do Paço Municipal.

Reforma no entorno do Paço

A reforma do prédio do Paço Municipal está inserida em um amplo projeto do prefeito Beto Richa de valorização e renovação do entorno do antigo Paço Municipal, de forma a tornar a região mais segura e atrativa para as famílias curitibanas. O projeto teve melhorias em todo o perímetro entre as praças Generoso Marques, Tiradentes e 19 de Dezembro, passando pelas ruas Riachuelo, Barão do Serro Azul, Monsenhor Celso e Barão do Rio Branco. “A reforma do Paço e as melhorias em seu entorno ajudam na revitalização da região central da cidade”, diz Richa.

A iniciativa conta com a parceria da Associação Comercial do Paraná, por meio do projeto Centro Vivo, da Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e do Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae-PR), entre outras entidades ligadas ao comércio. O projeto de reforma da praça é do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e foi executado pelas secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas.

Além de reformar a Praça Tiradentes, a Prefeitura de Curitiba já reformou a Praça Generoso Marques, que ganhou espelho d’água, com qu,atro jatos nas laterais, canteiro de flores no chão, floreiras, bancos e lixeiras.

As novas calçadas ao redor da praça são antiderrapantes e dão mais segurança aos pedestres, em especial às pessoas com deficiência. Foram colocadas pedras portuguesas nas calçadas ao redor do prédio e na área central da praça. O restante recebeu piso em forma de blocos de concretos.

A região recebeu também um projeto de iluminação cênica no Paço Municipal, para destacar detalhes da arquitetura, usando técnicas de luz e sombras e luzes com cores diferentes.

As praças Generoso Marques e José Borges de Macedo receberam novos postes republicanos, mais altos e com design que melhora a luminosidade. Toda a fiação agora é subterrânea. Também foram instaladas câmeras de segurança na região.