O Paraná está entre os cinco estados que ainda não conseguiram reduzir a ocupação de leitos de Covid-19 para menos de 50%. Levantamento divulgado domingo (29) pelo Ministério da Saúde mostra que o estado está junto com Rio Grande do Sul e Goiás na zona de alerta de ocupação de vagas de enfermaria e de UTI de Covid-19, com taxa entre 51% e 69%.

LEIA TAMBÉM:

> Paraná recebe mais 182 mil doses de vacina contra a covid-19. São de dois fabricantes diferentes

> Estudo brasileiro sobre Coronavac e Astrazeneca aponta menos risco de morte em vacinados

Terceira dose da vacina da covid deve iniciar em dois grupos prioritários. Saiba quais

Domingo, o Paraná registrou 1.097 pacientes internados com diagnóstico de Covid-19 confirmado e mais 1.428 internados que aguardam o resultado de exame para coronavírus.

Entre os estados que seguem com ocupação acima de 50%, o Rio de Janeiro está na faixa de emergência, que abrange ocupação entre 70% e 80%. Já Roraima está na zona grave, quando a ocupação fica entre 80% e 94%.

Pela primeira vez o Brasil consegue ter 20 estados com ocupação menor de 50% dos leitos de Covid-19. Esse parâmetro é considerado normal pelo Ministério da Saúde, representando menor impacto da pandemia no sistema de saúde. Os estados com ocupação de leitos menor do que 50% são Acre, Pará, Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Santa Catarina.

Web Stories

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz vai saber dizer!

Malhação Sonhos

Nat impede que Duca enfrente Lobão

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba