Lígia Martoni
Lígia Martoni

A Ilha do Mel é um dos destinos
mais procurados do Paraná.

A competitividade de Paranaguá e da Ilha do Mel no cenário nacional e internacional do turismo foi avaliada esta semana pelo pesquisador Roberto Pascarella, da Fundação Getúlio Vargas. A avaliação, feita a pedido do Ministério do Turismo (MTur) e com o apoio da Secretaria de Estado do Turismo, tem por objetivo fazer com que os destinos escolhidos como indutores do desenvolvimento regional atinjam um padrão de qualidade internacional até o fim deste ano.

Além de Paranaguá/Ilha do Mel, o Paraná tem Curitiba e Foz do Iguaçu entre os 65 destinos apontados pelo ministério. ?A participação do Paraná no projeto com três destinos indutores é importante para acelerar o desenvolvimento do turismo no Estado?, diz o secretário de Estado do Turismo, Celso de Souza Caron. ?Os destinos indutores têm prioridade para receber investimentos técnicos e financeiros?.

A pesquisa da competitividade foi realizada em Curitiba no começo de dezembro e Foz do Iguaçu receberá o técnico entre 27 de janeiro e 02 de fevereiro. No Litoral o estudo iniciou em Morretes e Antonina. Na quarta-feira, 16, Pascarella esteve no Porto de Paranaguá e se reuniu com agentes e operadores de turismo e gestores estaduais e municipais. Nesta quarta-feira, 17, o técnico fará visitas técnicas e avaliação na Ilha do Mel e encerra o estudo na sexta-feira com visitas a Matinhos e Guaratuba.