A Agência Estadual de Notícias, que veicula informações do governo do Paraná, divulgou que os 500 aprovados no concurso público, realizado em março deste ano para cargos da Polícia Civil, já estão em treinamento na Escola Superior da Polícia Civil. A notícia foi publicada no dia 17 de junho deste ano.

Em outra informação, do dia 16 de julho, a notícia intitulada “Criminalidade no segundo trimestre cai em comparação com ano passado” informa: “neste ano, foram nomeados 16 novos delegados do concurso de 2008, além de 400 bombeiros, 1.100 policiais militares e 500 policiais civis de concursos deste ano. Os policiais estão em treinamento e assumem funções nas subdivisões ou batalhões no segundo semestre deste ano”.

Entretanto, pessoas aprovadas no concurso público enviaram e-mails para a redação de O Estado comunicando que os aprovados não foram nomeados ou não estão passando por treinamento na Escola Superior da Polícia Civil. Isto contraria o que foi noticiado até agora.

O Sindicato dos Policiais Civis de Londrina e Região (Sindipol), por meio do presidente Ademilson Antônio Alves Batista, confirmou que o treinamento realmente não começou na escola. Representantes do Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) também não tinham conhecimento do início da preparação na Escola Superior da Polícia Civil. Ninguém sabe quando as aulas devem começar.

Batista disse que não pode afirmar que os aprovados já foram nomeados pelo governo no Estado. No entanto, caso isto tivesse acontecido, os aprovados no mínimo estariam fazendo uma espécie de “estágio” nas delegacias, pois já começariam a receber salários.

Sesp

Procurada para comentar o assunto, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) informou que as nomeações vão acontecer com certeza, mas com atraso. Segundo a Sesp, ocorreram dois erros na listagem dos aprovados, o que motivou a demora.

Um dos erros, segundo a Sesp, foi que a lista de aprovados saiu por ordem alfabética, e não por ordem de classificação. O outro erro não foi relatado pela Sesp.