Uma solenidade realizada ontem de manhã, em Curitiba, na sede da superintendência da Polícia Federal (PF) no Paraná, empossou três novos delegados titulares da corporação. Tomaram posse Geraldo da Silva Pereira, Sandro Roberto Viana dos Santos e Ronaldo Góes Carret.

Geraldo tem 44 anos e iniciou sua vida profissional como revisor de textos do jornal Correio de Notícias, em Curitiba, e repórter do Jornal de Minas, de Belo Horizonte. Ingressou na PF em 1981, como escrivão, assumindo mais tarde o cargo de delegado-chefe do setor de correições e disciplina, em Curitiba. Ele vai assumir como delegado titular da PF em Foz do Iguaçu.

Sandro, de 34 anos, é advogado e, em 1994, se tornou delegado da Polícia Civil. Ingressou na PF em 1996. Nos últimos anos, trabalhou como delegado em Londrina e vai assumir como titular na própria cidade. Já Ronaldo, 36, começou como investigador de polícia em São Paulo. Entrou para a PF em 1996 e, nos últimos anos, foi delegado substituto em Maringá, onde vai assumir como titular.

Na nova função, os três pretendem dar atenção especial ao tráfico de entorpecentes, responsável por uma grande quantidade de homicídios tanto em Londrina quanto em Foz do Iguaçu e Maringá, ao tráfico de armas, ao contrabando e ao descaminho. Participou da cerimônia de posse o diretor do Departamento de Polícia Federal, Zulmar Pimentel.