O prefeito Luciano Ducci assinou, nesta quinta-feira (13), convênio com a Arquidiocese Metropolitana para repasse de verbas do Potencial Construtivo para restauração da igreja Bom Jesus do Portão.

 

O imóvel foi parcialmente destruído em um incêndio em 2007. “É um grande presente de Natal para a comunidade do Portão e para a cidade”, afirmou o Bispo de Curitiba, Dom Moacyr Vitti.

Serão investidos R$ 2,17 milhões, captados na iniciativa privada para recuperar a igreja que é referência na paisagem do bairro Portão. “Sei da importância que esta igreja representa. Além de sua importância histórica, é a principal referência do bairro. O belo trabalho de restauro que ajudamos a fazer na Catedral Metropolitana se repetirá na Igreja do Portão”, destacou o prefeito.

Todo o potencial necessário para as obras já foram negociados e até maio próximo estará disponível na conta aberta especificamente para essa obra. “Cerca de R$ 500 mil já está disponível e a obra já pode começar”, destacou a secretária do Urbanismo, Suely Hass.

A secretária explicou ainda que os recursos são repassados em cada etapa da obra. A arquiteta responsável pelo restauro, Aline Soczek Bandil, prevê que abras devem levar cerca de um a um ano e meio.
A igreja, que teve parte destruída por um incêndio na manhã do dia 8 de fevereiro de 2007, está sendo restaurada com o apoio da Prefeitura e da comunidade local. Foi inaugurada em 1928 no lugar de uma capelinha de barro do século XX, sendo elevada à paróquia em 15 de dezembro de 1936.

“A comunidade do Portão está muito feliz. E vamos estabelecer aqui uma data como meta para a inauguração, seis de agosto de 2014”, destacou o pároco da igreja, padre Hilton Soares.