A prefeita de Querência do Norte, Rozinei Aparecida Raggiotto Oliveira (PSD), morreu vítima da covid-19 nesta sexta-feira (30). Dentista, Dra. Roze, como era conhecida, teve o diagnóstico da doença confirmado em 10 de abril e estava internada no Hospital Bom Samaritano, em Maringá. Ela sofreu complicações da doença, precisou ser intubada e não resistiu.

VIU ESSA? Ladrões invadem posto de saúde no Paraná e roubam vacinas estocadas

Pelas redes sociais, há cerca de duas semanas, a prefeita compartilhou o diagnóstico da doença. “Estou bem, com a graças de Deus, cumprindo as recomendações da equipe médica de isolamento social e trabalharei de minha residência, e reitero para que a população redobre os cuidados preventivos”, disse.

No último dia 14 ela participou de um evento online do lançamento do Programa Mais Cidades, que contou com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Jr. (PSD). No dia do evento, Dra. Roze estava em casa respirando com a ajuda de um cilindro de oxigênio.

LEIA AINDA – Curitiba retoma vacinação da 1ª dose contra covid-19; veja cronograma para 60 e 62 anos

Após a morte de Dra. Roze, a Prefeitura decretou luto oficial de 10 dias em Querência do Norte. O prefeito em exercício, Alex Sandro Fernandes, destacou “os inestimáveis trabalhos” prestados pela prefeita ao município durante os quatro mandatos à frente do executivo municipal. Os dados oficiais do município contabilizavam três mortes por Covid em Querência do Norte até 29 de abril.

Dentista, prefeita de Querência do Norte, trabalhou em casa nos primeiros dias da doença
Dentista, prefeita de Querência do Norte, trabalhou em casa nos primeiros dias da doença. Foto: Reprodução / Facebook