O prefeito Gustavo Fruet solicitou ao procurador geral de Justiça, Gilberto Giacoia, que o Ministério Público acompanhe o trabalho da comissão criada para avaliar o preço da tarifa de ônibus e do Gabinete Integrado de Segurança, que é vinculado ao gabinete do prefeito e irá definir estratégias de ações na área da segurança.

“É importante que o Ministério Público acompanhe, neste primeiro momento, em especial estes dois assuntos, transporte público e segurança, no sentido de prevenção e integração”, afirmou o prefeito.

Giacoia informou que toda a experiência do Ministério Público está à disposição da nova gestão municipal. “Iremos acompanhar e preventivamente atuar nas implementações das políticas públicas de Curitiba”, disse o procurador geral.

“Acreditamos que uma aproximação do ponto de vista institucional entre o Ministério Público e a Prefeitura é muito positiva”, comentou Giacoia. “Esta foi apenas uma primeira reunião de trabalho. O Ministério Público está de portas abertas para ajudar a construir uma Curitiba melhor e mais justa”.

Também participaram do encontro a vice-prefeita Mirian Gonçalves, os subprocuradores-gerais de Justiça, Samia Saad Gallotti Bonavides e José Deliberador Neto, o corregedor-geral do MP-PR, Moacir Gonçalves Nogueira Neto, o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Direitos Humanos, Olympio de Sá Sotto Maior Neto, e o diretor-secretário da Procuradoria-Geral de Justiça, Ivonei Sfoggia.