A Rede de Defesa e Proteção Animal, da prefeitura de Curitiba, disponibilizou, ontem, no hangar do Cindacta II (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), no Bacacheri, 350 microchips (identificação eletrônica) para cães.

Em ação batizada de “Sábado Animal”, receberam o michochip 22 cachorros do próprio Cindacta, cerca de duzentos pertencentes a militares que atuam no local e animais da comunidade externa. O custo de implantação de cada equipamento foi de R$ 9,00. Segundo o responsável pela Rede, Juan Ramon Soto Franco, o objetivo do microchip é vincular cada animal de estimação a um responsável.