A Prefeitura de Curitiba entregou mais dez academias ao ar livre nesta semana, que foram instalados em bairros da cidade. Com os novos equipamentos, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer já atende as nove regionais da cidade, que conta com pelo menos duas unidades por região.

As novas academias foram colocadas na praça 29 de Março, na Mercês; praça Tito Schier, no Portão; praça Oswaldo Cruz, no Centro; Centro de Esporte e Lazer Velódromo, no Jardim Botânico; praça Bento Munhoz da Rocha, no Guaíra; parque Bacacheri, no Bacaheri; Eixo de Animação Arnaldo Bussato, no Lindóia; parque Barigui, Santo Inácio; e Centro de Esportes e Lazer Arthur Bernardes, no Santa Quitéria.

A localização dos equipamentos é estratégica, sempre perto dos Centros de Esporte e Lazer ou em espaços públicos onde frequentam muitos curitibanos. Os equipamentos têm painéis auto-explicativos que permitem que as pessoas façam exercícios independentes.

Os equipamentos das academias ao ar livre não têm pesos e usam apenas a força do próprio corpo para exercícios de musculação e alongamento. São indicados para pessoas acima de 12 anos. Para praticar, basta seguir as instruções básicas afixadas em um painel próximo.

 

Os equipamentos das academias ao ar livre não têm pesos e usam apenas a força do próprio corpo para exercícios de musculação e alongamento. São indicados para pessoas acima de 12 anos. Para praticar, basta seguir as instruções básicas afixadas em um painel próximo. O ideal é fazer o circuito completo de aparelhos.