Presos de dezoito unidades prisionais do Paraná estão trabalhando na produção de máscaras estilo “face shield”, jalecos, e também máscaras descartáveis. Em cerca de um mês, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), foram feitos mais de 186 mil máscaras, 6,6 mil jalecos e 2,5 mil “face shields”. O objetivo da ação é ajudar no combate ao coronavírus que, segundo o boletim desta segunda-feira (4), já registrou 1.562 casos e 94 mortes no Paraná.

+Usa máscara de pano? Saiba como lavar esta proteção com segurança!

Foto: Divulgação.

Todo material produzido pelos presos atende a demanda de órgãos ligados à Sesp, tais como o Departamento Penitenciário, as polícias Militar e Civil, as forças armadas, em algumas regiões do estado, guardas municipais, prefeituras, hospitais e demais unidades de atendimento à saúde.

+Viu essa? Vereadora propõe termômetros na entrada do comércio em Curitiba

Segundo André Fabiano Dea, diretor da Penitenciária Estadual de Londrina I (PEL I), os escudos montados pelos detentos são confeccionados em etapas. Por primeiro, é feita a impressão do suporte de cabeça, e da lamina em acetado (transparente), que é recortada em um processo que fica a cargo do Hospital Universitário de Londrina. “Depois os detentos costuram o elástico e instalam o acetato às peças”, explicou Dea. Os detentos que trabalham na produção destes equipamentos no combate à pandemia de coronavírus têm como vantagem a redução da pena. Três dias de trabalho representam um dia a menos na prisão.

Máscaras descartáveis mais eficientes

Os detentos agora estão focados na produção de máscaras descartáveis, após esta primeira demanda dos escudos faciais. “As máscaras foram desenvolvidas dentro da Universidade Estadual de Londrina e visam substituir as usadas atualmente nos hospitais”, explicou o diretor. O novo modelo é mais eficiente pois oferece uma maior vedação aos profissionais que forem usar este material. Nas máscaras descartáveis os presos trabalham na costura final do equipamento, bem como nas faixas de amarração.

Foto: Divulgação.

A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?