A Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá fazer, entre à zero hora desta quinta-feira (14)  e domingo (17) a operação Proclamação da República. A operação tem como objetivo o combate à embriaguez ao volante, a fiscalização de ultrapassagens proibidas e a correta utilização das cadeirinhas e do cinto de segurança, além do uso dos celulares.

+Caçadores! Irmãs apostam em alternativa natural pro problema do plástico no meio ambiente

Durante o feriado prolongado deste ano, a previsão das concessionárias das rodovias é de que o fluxo de veículos aumente até o dobro em relação à média dos dias normais. O horário de maior movimento será na saída para o feriado, entre o fim da tarde e início da noite de quinta-feira e também na manhã de sexta-feira. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de domingo.

+Viu a Naiara? Adolescente é sequestrada em frente ao colégio na Grande Curitiba!

 

15 mortes no feriado em 2018

No mesmo feriado de 2018, quando a operação teve cinco dias de duração – um a mais do que a deste ano –, quinze pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do Paraná. Segundo a PRF, outras 116 pessoas ficaram feridas. Foram atendidos 115 acidentes.

Bolsonaro assina MP que acaba com seguro obrigatório DPVAT