Professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiram, em uma assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (26), no Auditório de Administração do Centro Politécnico, em votar contra o indicativo de greve.

A categoria, porém, segue mobilizada. Eles vão continuar debatendo para verificar outras formas de manifestação para que suas reivindicações, como melhoria salarial, melhores condições de trabalho e reestruturação da carreira, sejam atendidas.

No próximo final de semana, haverá uma reunião em Brasília com representantes das universidades e o governo federal. A possibilidade dos docentes cruzarem ou não os braços vai depender do resultado deste encontro.